Na ‘laje’ de luxo de Vanderlei: churrasco, pagode e confraternização

Na ‘laje’ de luxo de Vanderlei: churrasco, pagode e confraternização

 

Na última quinta-feira, técnico promoveu animada reunião em sua cobertura. Renato foi o único jogador que não compareceu

 

 

Depois de roer o osso, a hora do filé. E do samba com cerveja. Em meio ao clima pesado durante a sequência de dez jogos sem vitória, Vanderlei Luxemburgo deixava claro que num grupo com 30 jogadores poderia existir um ou outro insatisfeito com ele. Mas com a grande maioria o clima é de cumplicidade, que foi reforçada depois da vitória sobre o América-MG e às vésperas do jogo contra o São Paulo, neste domingo, no Morumbi. Na quinta-feira à noite, Vanderlei abriu as portas de sua luxuosa cobertura na Barra da Tijuca para um farto e animado churrasco com jogadores e integrantes do departamento de futebol.

O evento aconteceu na véspera da áspera discussão entre o gerente Isaías Tinoco e o diretor executivo de futebol, Luiz Augusto Veloso. Os dois participaram do churrasco e ainda não aparentavam rusgas um com o outro. O problema, que culminou com um pedido de demissão de Isaías, foi dentro do possível contornado e tanto Veloso quanto o gerente de futebol permanecem em seus cargos (entenda).

O técnico ofereceu de carne de primeira a vinhos selecionados. Antes de chegar à laje de luxo de Vanderlei, Ronaldinho entrou em contato para saber se poderia levar alguns amigos para a roda de samba. Mas o camisa 10 acabou chegando mais tarde e teve que improvisar e bater na palma da mão.

 

Renato foi o único jogador que não compareceu ao churrasco, que teve tudo patrocinado por Luxa.  Apesar de os atletas não terem levados os parentes, a confraternização transcorreu em clima familiar.

Em alguns clubes por onde passou e até na Seleção Brasileira, o técnico sempre teve o costume de promover confraternizações com o grupo, como no Santos, em 1997. Na ocasião, no entanto, a celebração não foi tão luxuosa, e a cerveja foi servida em copos de plástico (veja vídeo abaixo).

Em janeiro deste ano, depois de confirmada a contratação de Ronaldinho, Vanderlei chegou a brincar em uma entrevista concedida ao site oficial do clube:

- O Ronaldinho tem carinho por mim, eu por ele, até porque ele gosta de um pandeiro e eu também. Ele gosta de um churrasquinho e eu também. Então, acredito que vai ser muito bom para todo mundo.

 

O churrasco aconteceu em clima de total descontração e brincadeiras. Vanderlei chegou a dizer que seria feito um rateio para dividir as despesas, e ouviu protestos bem-humorados de alguns jogadores.

Nesta segunda-feira, o grupo ganhou o dia de folga. A reapresentação será na tarde desta terça, no Ninho do Urubu. A carne sai do cardápio. Com o clássico de domingo contra o Fluminense, é hora de comer a bola.